@fabiopablo

Aqui eu deveria apresentar minha formação, meus títulos e atividades cotidianas, mas aproveito esse espaço para expressar um pouco da ideia que tenho sobre aqueles com quem tenho o prazeroso contato quase diário: os estudantes.

AOS ESTUDANTES

Tenho muitos alunos! E não falo dos supostos seres não iluminados da controversa discussão filológica de que a palavra derivaria do latim ou do grego e que significaria A “termo de negação” e LUNO “luz”, ou seja, aquele que não tem luz. Falo mesmo do seu significado contido nos dicionários e reconhecido pelos estudiosos das letras, que descreve o aluno como aquele que está no estágio de lactante, como uma criança pequena que precisa de cuidados constantes e que deve ser alimentado periodicamente pelo seu protetor.

Independente do significado, aluno me parece um termo caro demais para indivíduos que cada vez mais são forçados, logo ao saírem desta mesma condição de alunos, a atuarem com protagonismo na vida para obter qualquer tipo de sucesso. Para ser sincero prefiro os Estudantes!

Para desespero (e alegria) de alguns professores meus, sempre fui resistente a submeter-me à condição de aluno, não por não achá-los preparados a me encaminharem ao encontro da iluminação ou de alimentar-me de modo satisfatório, mas sim por entender que não fazia muito sentido que o conhecimento, algo tão vasto, pudesse ser construído numa via de mão única. Não falo simplesmente do conhecimento dos conteúdos das disciplinas, mas da formação geral de indivíduos em cidadãos, que na sua fase mais instável são reunidos juntos com outros na mesma situação e que a um único ser é dada a responsabilidade da tarefa! A matemática simplesmente não batia…

Tenho alguns estudantes, mesmo que poucos, mas os tenho… Estes não escolheram o caminho da passividade escolar, mesmo tendo todo o direito de desfrutarem deste privilégio nesta fase da vida, estes escolheram o caminho do protagonismo, da diferença, numa fase da vida em que ser diferente é uma escolha quase heroica.

Não os parabenizo pelas suas ações, até porque suas motivações por vezes não são das mais coerentes, e suas bandeiras constantemente são contraditórias, mas mesmo assim prefiro os Estudantes, simplesmente por terem escolhido crescer!

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s